Arquivos de Tag: literatura científica

Publicação nossa sobre os colaboradores de Darwin

Para ver no site da Springer, clique aqui. Para ir direto para o PDF no nosso dropbox, clique aqui.

Mais um pôster do Pedro na USP

E lá foi o Pedro mais uma vez apresentar seu trabalho na USP, agora no evento da ABFHIB. Maravilha!

Pôster que o Pedro apresentou na USP

TCC do Pedro

Para ver os slides, clique aqui.

PARABÉNS!!!

Fotos do EAIC 2017

A cara de felicidade por conta da missão cumprida a contento:

Parabéns para a gente! Trabalho maravilhoso que ainda promete outros frutos!

Continuar Lendo →

Pedro no EAIC 2017 – Citações e colaboradores de Darwin na Origem

Em construção

Confiram lá este novo periódico! Além de textos maravilhosos dos amigos – inclusive uma resenha da Francine sobre o último livro de Paul Feyerabend -, há lá um artigo meu sobre autoria científica, uma tradução que fiz da introdução do livro Ciência como arte (Wissenschaft als Kunst), de Feyerabend, e um texto que preparei sobre a entrevista que ele deu em 1993.

EAIC 2016 – apresentação do Vitor – Deixa o Darwin falar!

Apresentação do trabalho de PIBIC do Vitor no Encontro Anual de Iniciação Científica, que aconteceu no dia 14 de outubro de 2016 na UEM:

 

Origem das espécies – capítulo 15

 

darwinLivroBusto

Texto da Marta

Por fim, chegamos ao último capítulo de A origem das espécies, de Charles Darwin, após dois anos e meio de leitura nas tertúlias de quarta-feira do GP de Science Studies da UEM, sob coordenação da professora Cristina de Amorim Machado. Como escreveu nossa querida amiga e estudiosa de Darwin, Anna Carolina Regner, a obra de Darwin revolucionou os estudos dos campos das ciências biológicas e a nossa maneira de ver e conceber a atividade científica.  Ela também nos lembra que (Regner, 2009):

“Na Inglaterra, a história natural que Darwin encontrou confundia-se com uma “teologia natural”, quando os naturalistas (muitas vezes pacatos párocos) tomavam a aparente perfeição de adaptações e coadaptações como evidências de desígnio divino, enfatizando a harmonia de toda a natureza. O pano de fundo das indagações vinha marcado por grandes polêmicas, a respeito das quais o pensamento de Charles Darwin será decisivo.”

No capítulo 15, “Recapitulação e conclusão”, Darwin nos oferece um resumo belíssimo da sua teoria. Nesse capítulo, ele revê os anteriores, desenhando seu percurso e enunciando, ao final, sua colaboração para a compreensão da história da natureza.

Continuar Lendo →

Mais fotos da defesa da Isadora e do Vitor

000_0140

Preparativos antes da defesa

Isadora e Vitor defenderam seus trabalhos de conclusão de curso (um viva aos novos biólogos!) no dia 19 de fevereiro de 2016. Eu já havia colocado algumas fotos no dia seguinte na aba Projetos/TCC acima, mas seguem as outras:

Continuar Lendo →

Seminários “A ciência tal qual se faz” – culturas etéreas e culturas materiais

O seminário de hoje é sobre o texto “Culturas etéreas e culturas materiais”, do físico e historiador da ciência Peter Galison, que é professor na Universidade de Harvard. Já temos no nosso canal do youtube vários vídeos dele, como o seguinte:

Este artigo é uma reflexão sobre o seu livro Image and logic, de 1997, sobretudo sobre os seguintes pontos: 1) a identidade do cientista; 2) influências “externas”; 3) reorganização do local da ciência; 4) biografias; 5) a noção de objetividade; 6) como se constrói uma narrativa em história da ciência; 7) para quem se constrói a história da ciência; 8) para que se constrói esta história da ciência; 9) instrumentos; e 10) zonas de troca.

Continuar Lendo →

EAIC 2015 – Isadora e Vitor – recepção do darwinismo na UEM

000_0110No dia 25 de setembro de 2015, Isadora e Vitor apresentaram os resultados de suas pesquisas sobre a recepção do darwinismo na UEM no XXIV EAIC – Encontro Anual de Iniciação Científica. Segue abaixo o vídeo:

Continuar Lendo →

Quarto encontro do GP – Academia Celeste

El cielo de Salamanca

El cielo de Salamanca

Primeiro Stellium da Academia Celeste

Seminários “A ciência tal qual se faz” – a comunicação na ciência

Antes do seminário sobre o texto da Karin Knorr-Cetina, “A comunicação na ciência”, assisti a este vídeo, aparentemente o único dela no Youtube. Vale a pena conferir:

Em relação ao texto, pode-se dizer que ela entrega o que promete, que é uma imagem de ciência como processo de recepção, interpretação e transformação de mensagens. Continuar Lendo →

A recepção do darwinismo no Brasil

recepcaoDarwinismo

Este livro, publicado em 2003 pela Editora da Fiocruz e organizado por Heloisa Maria Bertol Domingues, Magali Romero Sá e Thomas Glick, foi objeto dos primeiros encontros do nosso Clube de Revista, que se iniciou no segundo semestre do corrente ano.

Continuar Lendo →