Arquivos de Tag: darwin

Em tempos de pandemia: folha de lótus, escorregador de mosquito

Mais um texto da coluna da Marta no Jornal do Porto:

As mil e uma noites dos animais numa floresta mostram a preciosidade das vidas, inclusive a da humana.

No meio das centenas de árvores os morcegos ouvem as frutas. Uma lagarta manipula o envelhecimento das folhas que come. Aquelas moscas pequeninas, de bananas, as drosófilas, afogam suas mágoas em álcool quando são rejeitadas por outras moscas na fecundação. Os pássaros são o suporte das árvores nas matas e florestas.

A espécie de árvore Ceratocaryum argentum, na África do Sul, manipula besouros rola-bosta para que estes pequenos insetos, enrolados em fezes, façam suas sementes germinarem mais depressa, antes de serem comidas pelos roedores.

Todas essas histórias estão no livro Folha de lótus, escorregador de mosquitos, de Fernando Reinack. São 96 crônicas sobre os seres vivos aliados dos humanos, mas que os humanos não sabem. Ou não querem saber.

Continuar Lendo →

Em tempos de pandemia: alguma coisa está fora de ordem

Coluna da Marta no Jornal do Porto, 14 de abril de 2020

Para ver no site do jornal, clique aqui.

Vírus-rei

Pensei muito em um nome para esta Coluna no Jornal do Porto. Diga-se de passagem, sou sobrinha de um dos proprietários do jornal e prometi me comportar nestas linhas da Coluna. Não que o jornal tenha me exigido algo. Simplesmente não vou tratar de política no sentido mais popular do termo, o de homens de partidos, eleições e polêmicas construídas pelas mídias oficiais.

Hoje, para iniciar a Coluna, resolvi pensar o coronavírus (calma, pessoas, vou falar apenas da presença dele) nas cidades, países, planeta como um evento que obriga a reclusão dos humanos, mas permite o revigorar das espécies de animais, de plantas, aquilo que chamamos de natureza.

Continuar Lendo →

Publicação nossa sobre os colaboradores de Darwin

Para ver no site da Springer, clique aqui. Para ir direto para o PDF no nosso dropbox, clique aqui.

Tradução do manuscrito “Vida” de Darwin (1838)

Primeira página do manuscrito

Em setembro de 2019 o Pedro publicou a tradução desse manuscrito no Boletim de História e Filosofia da Biologia. Clique aqui para conferir.

Aula do Pedro no IB-USP

E lá foi o Pedro participar de um curso da professora Maria Elice Prestes no Instituto de Biologia da USP. Falou e propôs exercícios sobre as traduções da Origem para os alunos de graduação e pós que frequentam a disciplina A Origem das Espécies, de Charles Darwin. Quem quiser ver os slides que ele usou, clique aqui.

Pôster do Pedro no EAIC 2019

Mais um pôster do Pedro na USP

E lá foi o Pedro mais uma vez apresentar seu trabalho na USP, agora no evento da ABFHIB. Maravilha!

Pôster que o Pedro apresentou na USP

Leituras de Darwin: A origem das espécies – esboço de 1842

Este ano leremos A origem das espécies – esboço de 1842. Esse texto foi escrito por Darwin 17 anos antes da publicação de seu livro mais famoso, e é uma das provas de que ele já estava trabalhando em sua teoria há tempos quando recebeu a carta-ensaio de Wallace em 1858. Importante documento histórico que agora vamos conferir na edição brasileira traduzida por Mario Fondelli e publicada pela editora Newton Compton em 1992. Essa edição inclui o “artigo” de Darwin e Wallace que foi lido por Lyell e Hooker na Sociedade Lineana em 1 de julho de 1858: “Sobre a tendência das espécies em formar variedades e sobre a perpetuação das variedades e das espécies por meio da seleção natural”.

TCC do Pedro

Para ver os slides, clique aqui.

PARABÉNS!!!

Clube de Revista: slides sobre as traduções da Origem

Nas últimas semanas apresentei os resultados da minha pesquisa de pós-doc para o grupo. Clique na imagem abaixo para ver os slides:

 

Conversa com Nélio Bizzo em São Paulo, 2018

Mais uma entrevista em vídeo que consegui fazer durante a pesquisa sobre as traduções da Origem. Esta é com o professor Nélio Bizzo, da USP, que prefaciou duas edições brasileiras: a que saiu pela Martin Claret, em 2014, traduzida por Anna e Carlos Duarte; e a que saiu em 2018 pela Edipro, traduzida por Daniel Miranda. Ambas já foram mencionadas aqui e aqui.

 

Conversa com Nuno Gomes no Porto em 2017

No âmbito da minha pesquisa sobre as traduções da Origem, algumas entrevistas foram registradas em vídeo. Esta é uma delas. Trata-se de Nuno Gomes, responsável pela editora Exclamação, ex-Planeta Vivo, que pretende publicar as obras completas de Darwin. Essa tarefa começou em 2009 com a publicação da Origem das espécies, que foi traduzida por Ana Afonso, única tradução mencionada no site Darwin Online. Durante nossas leituras, usamos um bocado essa edição, como se pode ver aqui. Também conversei com Ana Afonso, mas só tenho o registro em áudio, que não ficou bom. Algumas imagens e um breve relato dessa conversa com a tradutora podem ser encontrados aqui.

 

Slides sobre Popper e o darwinismo

Clique aqui para ver os slides que o Pedro preparou para o Clube de Revista sobre Popper e o darwinismo.

Mais uma tradução brasileira da Origem!

Realmente 2018 nos reservou algumas surpresas: acabamos de saber que mais uma edição brasileira de A origem das espécies está no forno. Já havíamos noticiado aqui a publicação recente da EdiPro, mas esta agora vai sair pela Editora Ubu, com direito a uma edição padrão, uma especial (a capa acima) e uma de colecionador. Todas com o mesmo texto da primeira edição da Origem (1859), traduzido, apresentado e organizado pelo professor Pedro Paulo Pimenta (Departamento de Filosofia – USP), que anda pesquisando justamente as relações entre a filosofia e história natural nos séculos XVIII e XIX. Ótima notícia! Ademais, trata-se de uma edição ilustrada por Alex Cerveny e com os seguintes textos adicionais: o esboço histórico (oriundo da terceira edição, 1861); o sétimo capítulo – sobre objeções à teoria da seleção natural – da sexta edição (1872); os artigos de Darwin e Wallace que foram apresentados juntos por Lyell e Hooker em 1858 na Sociedade Linneana de Londres; três resenhas de 1860 sobre a Origem, escritas por Asa Gray, Huxley e Owen; e ainda um glossário de autores e obras mencionadas. A conferir!