Pérolas dos alunos – Thiago

IMG-20160101-WA0266Thiago Henrique Fermiano – Aluno de Biomedicina/2015

Ciência e Política: amor e ódio

A ficção, na maioria das vezes, surge a partir de um determinado fato real, buscando explicar esse fato, ou seja, a realidade; ou ainda nasce tentando ser entendida a partir de teorias existentes. No caso de “Contato”, filme de ficção científica, o desenrolar do enredo expõe ações pelas quais se podem fazer uma análise à luz de determinadas teorias acerca da ciência. Um desses temas suscitados ao longo do filme é a relação atemporal entre política x ciência. Tal assunto se enquadra, atualmente, nas discussões elaboradas pelos Science Studies, mais especificamente nas ideias do sociólogo Bruno Latour.

Levando em consideração não exclusivamente os aspectos teóricos concernentes ao conteúdo científico propriamente dito, Latour desenvolve sua teoria destacando a necessidade de atentar-se também aos quesitos externos – no caso, as discussões políticas – no momento de “ciência em construção”, termo cunhado pelo próprio autor. No filme é notória em vários momentos essa “intromissão” do poder político no campo científico. O corte de verbas para a pesquisa da cientista Ellie, visto que uma “cúpula” julgava desnecessário manter a busca de vida extraterrestre pois não traria benefícios políticos efetivos, é apenas um dos inúmeros retratos presentes no decorrer do filme. Diante desse fato, Latour destacaria que o contexto e o conteúdo estão intimamente relacionados durante o processo de “se fazer” ciência. Talvez Ellie tivesse, se não ocorresse o corte de verbas, descoberto sinais extraterrestres mais brevemente e o avanço na pesquisa seria maior; por outro lado, caso não cessasse o financiamento, a cientista não buscaria novas estratégias ou meios para seu objetivo. Para Latour, essas controvérsias – tipicamente humanas – são tão relevantes quanto as discussões sobre física, matemática – ciência “pura”.

Sendo atividades feitas pelo homem, ciência e política dificilmente estão dissociados, apesar de não parecer evidente. Essa não evidência da mescla de ambas as áreas encontra uma explicação na ideia de “caixa-preta” de Latour. Para o sociólogo, ao fim da ciência em construção atinge-se a ciência acabada e, com isso, estabelece-se uma nova caixa preta. Tal termo se refere a todo o processo de construção de determinado fato científico; todavia, Latour afirma que tal caixa não possibilita “visualizar” todos os fatos envolvidos naquela construção, expondo apenas os fatos científicos puros. Isso torna-se um problema a partir do momento em que a sociedade não tem acesso às informações completas, como por exemplo no filme, quando se “engaveta” a prova de que realmente Ellie teve contato extraterra, ficando a sociedade como fantoche de arbitrariedades político-científicas.

Dessa forma, o filme “Contato” permite que se abram os olhos e, juntamente com as explicações dos Science Studies, especificamente de Latour, compreender, até mesmo em prol da ciência, que o homem é sim um animal político, como sentenciou Aristóteles, contudo tentar passar a ser o animal da boa política. A ciência agradeceria.

Referências:

CONTATO. Direção de Robert Zemeckis. Los Angeles: Warner Brothers, 1997. DVD (150 min). Baseado em livro homônimo de Carl Sagan.

LATOUR, Bruno. Ciência em ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. Tradução de Ivone Benedetti. SP: Editora Unesp, 2011.

******************************************

O texto do Thiago foi produzido a partir da seguinte questão:

Com base no filme Contato e na bibliografia estudada ao longo do curso, disserte sobre o conceito de ciência OU, se preferir, escolha algum tema/autor específico dentro desse contexto, articulando o conteúdo teórico ao ficcional. Inclua em seu texto alguma crítica do ponto de vista político e/ou epistemológico à concepção de ciência ou à prática científica em jogo no filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s