Seminários “A ciência tal qual se faz” – a polêmica na ciência

(mais vídeos do Dascal e de outros autores dos Science Studies na nossa playlist no Youtube)

A Marta preparou o seguinte resumo do texto do Dascal:

Para quem estuda ou gosta de história das ciências, o texto de Dascal, “A polêmica na ciência”, amplia esse campo de estudo quando analisa o campo científico apresentando o que podemos chamar de teoria das controvérsias. Nesse caminho vai para além das datações, dos cientistas consagrados e descreve uma comunidade – a de cientistas – que tem características peculiares: trabalha privadamente, mas o resultado tem que ser público; para tanto necessita de revistas, aparições na mídia, em jornais científicos, prêmios etc. Faz parte dessas características a discussão, a controvérsia e a disputa.

Nessa “república” as ciências se parecem com a política, a religião e os debates dos comportamentos sociais. Isso significa dizer: as ciências também passam pelas controvérsias alinhando muitas vezes grupos de cientistas em verdadeiras brigadas políticas com seus líderes e ativistas. Conhecemos algumas controvérsias científicas como a dos preformistas e epigenesistas no século XVIII, e como afirma Dascal, esses debates, gerados por controvérsias, continuam no mundo científico atual.

Controvérsia é definida por Dascal como algo que nunca é localizado:

“Ela pode iniciar-se a partir de um problema específico, mas atinge rapidamente outros níveis de questionamento e outros temas. Os adversários logo descobrem que as suas opiniões diferem profundamente quanto a interpretação do problema encarado, dos fundamentos da disciplina, do sentido das teses defendidas por cada um, da força dos argumentos apresentados, dos objetivos da pesquisa, dos métodos a seguir, assim como sofre uma infinidade de outros problemas específicos a respeito dos quais pensavam que estavam de acordo. Nestas condições, nenhum argumento usado pelos participantes pode ser decisivo. Quando muito pode inclinar a ‘Balança da Razão’ de um lado ou outro, sem levar ao termo logicamente necessário da polêmica. É por isso que as controvérsias no curso da história, ao contrário das discussões, têm a tendência para serem longas, abertas, inconclusivas e ‘recicláveis’, sem serem, porém, racionais ou emotivas como as disputas.” (DASCAL, 1999, p. 70)

Para Dascal, controvérsia diz respeito às polêmicas que refletem um fenômeno discursivo em debates públicos, correspondências, colóquios, publicações baseadas em argumentos que obrigam os cientistas a reformular, especificar ou determinar o que apresentam. No entanto, na história das ciências ou na sua prática social, a polêmica pode ir para o campo da zombaria e para a disputa, ou seja, para um diálogo de surdos.

Discussão e controvérsia remetem-nos ao mundo da racionalidade (pelo menos em desejo), da atmosfera cordial; no entanto, no entorno desse debate há uma “torcida” que age como um tribunal da razão. Este tribunal pode tornar a discussão uma disputa, lugar em que se trata mais de vencer do que convencer. A história das ciências apresenta muitos debates, discussões em que afloraram as controvérsias. Temos as discussões de Volta e Galvani no século XVIII sobre o “fluido elétrico dos animais”, Buffon e os fixistas, que geraram boas controvérsias. Quando o debate sai da esfera das controvérsias caminha para a disputa, estratégia que aniquila porque escapa às normas de racionalidade sem interesse à atividade científica. Já a controvérsia, para Dascal, constitui o tipo de polêmica que permitiu e permite às ciências inovação e originalidade.

DASCAL, Marcelo. A polêmica na ciência. In: GIL, Fernando (Coord.). A ciência tal qual se faz. Lisboa: Edições João Sá da Costa, 1999. (Coleção Humanismo e Ciência).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s